COLÓQUIO-CONCERTO

RAPensando as Ciências Sociais e a Política

5 e 6 de julho de 2017

Teatro da Cerca de S. Bernardo (Coimbra)

Programa

PRIMEIRO DIA | 5 DE JULHO

14h30 às 16h30

 

Enquadramento

Todo o saber é incompleto e configura um sistema de conhecimento e desconhecimento. Não existem saberes totais. As ciências sociais, embora valiosas, são limitadas às reflexões acomodáveis na sua lógica narrativa e à imaginação política que cabe num horizonte criativo próprio. A ecologia de saberes é uma proposta de expansão do cânone científico a partir da combinação horizontal de conhecimentos e lógicas narrativas diferentes, valorizando o cruzamento entre arte e ciência, saber universitário e conhecimento nascido nas ruas. Neste evento, rappers e cientistas sociais acomodam lógicas e narrativas heterogéneas e reflectem colectivamente sobre questões epistemológicas e políticas, como a relação entre arte, ciência e intervenção política; expectativas e direitos das mulheres; e racismo e xenofobia.

 

RAPthinking Social Sciences and Politics

All knowledge is incomplete and constitutes a system of knowledge and ignorance. There are no complete knowledges. Social sciences, though valuable, are limited to reflections accommodated to their narrative logic and to the political imagination that fits into their own creative horizon. Ecology of knowledges is a proposal for the broadening of the scientific canon from the horizontal combination of knowledges and different narrative logics, valuing the cross between art and science, university knowledge and street-born knowledge. In this event, rappers and social scientists accommodate heterogeneous logics and narratives and collectively reflect on epistemological and political issues, such as the relationship between art, science and political intervention; women’s rights and expectations; and racism and xenophobia.

 

 

VÍDEOS ALICE CES

MESA 1 | A Raiva é a Saliva da Alma: O Hip-Hop, as Ciências Sociais e a intervenção política
Oradoras/es:
· Maze (DLM)
· Renan Inquérito
· Márcia Leão
· Boaventura de Sousa Santos
Moderador: Sara Araújo

ROUNDTABLE 1 Rage is the Soul’s Saliva: Hip-Hop, Social Sciences and political intervention
Speakers: Maze (DLM); Renan Inquérito; Márcia Leão; Boaventura de Sousa Santos – Moderator: Sara Araújo

 

16h30 às 17h00 – Intervalo

17h às 19h00

MESA 2 | Não vou cumprir com a p*ta da expectativa: O Feminismo e o Rap
Oradoras/es:
· Telma Tvon
· Samantha Muleca
· Joana Barbara
· Lady N
Moderadora: Federica Lupati


ROUNDTABLE 2 | I will not conform to f*king expectations: Feminism and Rap
Speakers: Telma Tvon; Samantha Muleca; Joana Barbara; Lady N – Moderator: Federica Lupati

21H30 – ESPECTÁCULO NO TCSB | Maze DLM, Renan Inquérito, Mossoró, Samantha Muleca, LBC Soldjah, Hezbó MC, Mynda Guevara, Lady-N, Telma Tvon, Chullage, A Velha Capital e Ruze.
 

SEGUNDO DIA | 6 DE JULHO

14h30 às 16h30

MESA 3 | Temos antepassados, não antecedentes: o Rap e a luta contra a xenofobia em Portugal
Oradoras/es:
· LBC Soldjah/Hezbó MC
· Mynda Guevara
· Soraia Simões
· Toxyna (Kartel 31)
Moderadora: Carlos Guerra Jr.

ROUNDTABLE 3 We have ancestors, not records: Rap and the struggle against xenophobia in Portugal
Speakers: LBC Soldjah/Hezbó MC; Mynda Guevara; Soraia Simões; Toxyna (Kartel 31) – Moderator:Carlos Guerra Jr.

16h30 às 17h00 – Intervalo

17h00 - 18h30

Apresentação do filme “Show Utópico” e debate
Comentários de Boaventura de Sousa Santos e Pedro Neves.

fotografias dos dois dias de Natália Correia (Lady N)

2 Comments