Fala-se da sua passagem por uma Banda Filarmónica (as Filarmónicas que foram, ainda hoje para muitos músicos afastados dos centros urbanos, Conservatórios ou Escolas de Música de muitos músicos profissionais neste país, elas que também deram à Música Popular que se fez em Portugal durante a segunda metade do século XX, em domínios musicais como o jazz, o pop rock, entre outros, naipes de sopros (trompetistas, saxofonistas, clarinetistas) reconhecidos.

Tempo também para aflorar, através desta micro-história, o modo como grande parte dos músicos foi construindo as suas carreiras, abraçando a colaboração com grupos e autores das mais diversas tipologias musicas. Aqui JC fala do trabalho com Sitiados, Sérgio Godinho, Kussondulola, Despe e Siga, entre outros, e dos seus principais rochedos referenciais antes de se ter notabilizado, especialmente, ao saxofone.

#episode1 #conversaocorrerdasmusicas #talkingalongthemusic #portuguesepopularmusic #saxophone #aerophone #popularmusicstudies #oralhistory #microhistory #joãocabrita #bysoraiasimões

Este segundo episódio web de Conversa ao Correr das Músicas tem como interlocutor o músico português Theo Pascal, hoje radicado em Londres. À semelhança dos outros é falado em português e legendado em inglês.

The set of sounds available to each musician is so essential, as the social, cultural, political and ideological context in which they are heard.
In this episode, we'll talk with Theo Pascal who will explain to us a bit of his musical career in popular music from Lisbon up to present day, where he currently lives in London and how he reacted, handled, and produced with these sets of sounds available for his creation.

#webepisode2
#conversaocorrerdasmúsicas #talkingalongthemusic #oralhistory #historyofpopularmusic #contemporanyhistory #bassplayer #theopascal #diarynotes #by Soraia Simões

 


PT

Conversa ao Correr das Músicas fala da Música Popular feita em Portugal especialmente na segunda metade do século XX.

Gravado desde 2011, o programa apresenta-se finalmente numa primeira série de 13 episódios com cerca de 9 a 15 minutos cada.

Cada episódio demonstra, por via do percurso do (a) convidado (a), uma boa parte das transformações ocorridas no universo da produção e recepção musicais. Fala-se de composição, interpretação, contextos culturais, sociais, ideológicos ou económicos que influenciaram a criação ou produção das suas músicas, de meios tecnológicos usados e de técnicas de organaria, de pontos de partida ou figuras e acontecimentos de referência.

Há um (a) músico, compositor (a) ou construtor de instrumentos convidado (a) a cada episódio.

Poderá assistir, em acesso livre, a esta primeira série através de um canal criado online, no vimeo, para o efeito, o qual pode subscrever a partir da data de estreia.

Conversa ao Correr das Músicas procura cruzar os principais items abordados na investigação sobre música e cultura populares nestes anos com as práticas e percursos destes actores. Cada episódio é narrado, segundo um guião/ uma linha orientadora que estabeleci, pelos protagonistas. Vários (as) dos (as) protagonistas fazem parte da nossa memória colectiva e já se inscreveram na história contemporânea recente.

Procura-se, assim, contar uma parte da história da música feita em Portugal, que é também a história destes protagonistas e se cruza inequivocamente com a história do país. Ao escrever este programa e realizar estas entrevistas tencionei fazê-lo com esse objectivo, mas simultaneamente de uma forma atractiva. Tendo como canal o discurso de alguns dos seus principais sujeitos da história, procura-se uma actualização ou renovada leitura no plano dos estudos sobre história da música e da cultura populares a partir da segunda metade do século XX, que privilegie o uso e transmissão da memória e a interpretação e enquadramento da mesma.

Esperamos que o Conversa ao Correr das Músicas suscite os mesmos interesse e entusiasmo que a mim desencadeou quando o comecei a escrever há uns anos e, mais ainda, quando comecei a estabelecer 'in loco' esta (s) Conversa (s) ao Correr das Música (s).

Soraia Simões

EN
Conversa ao Correr das Músicas (Talking along the Music) is about Popular Music made In Portugal, focusing especially in the late 20th century.

It was recorded since 2011, the program is finally presented with a first serie of 13 episodes with approximately 9 to 15 minutes.
Each one demonstrates, through the route of the interviewee, a good part of the transformations occurred in the universe of music production and reception. It is spoken of composition, interpretation, cultural, social, ideological or economic contexts that influenced the creation or production of their songs, technological means and techniques of organology, starting points or important figures and events that were their references.
One musician, composer or instrument builders is interviewed in each episode.
You can watch this first serie, having free access to vimeo, which you can subscribe from the release date.

Conversa ao Correr das Músicas intends crossing the main subjects in discussion on the research of popular music and culture in the recent years with the practices and courses of these actors. Each episode is narrated by them following a guideline that I established. Several of the interviewed are part of our collective memory and already enrolled in the recent contemporary history.

As so, the intend is to tell a part of the music history made in Portugal, which is also the history of these actors and crosses, unequivocally, the history of the portuguese contemporany history. When I was writing this program and conducting these interviews I had this objective, but at the same time I wanted to make it attractive to who was watching. Having the speech of some of the main characters in the history as a channel, the intention is an update or renewed reading of music history and popular culture studies in the late 20th century, which favors the use and transmission of the memory and its interpretation and framing.

We expect that Conversa ao Correr das Músicas raises the same interest and enthusiasm that I had when I started writing it, a few years ago, and especially when I began to establish 'in loco' this Conversa ao Correr das Músicas.

Soraia Simões

Comment