O Projecto Memórias da Revolução, o portal Memórias da Revolução, promovido pelo Instituto de História Contemporânea (IHC) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da UNL, junta o Mural Sonoro (1) às suas entidades parceiras.


Em parceria e com a colaboração de diversas instituições como, entre outras, a RTP, a Associação 25 de Abril ou a Assembleia da República este projecto com uma durabilidade de 9 meses (de 11 de Março de 2015 a 25 de Novembro de 2015) inscreve-se num programa anual, plural e diversificado, dedicado às comemorações dos 40 anos do PREC (Processo Revolucionário em Curso).


O projecto Memórias da Revolução procura, por isso, sensibilizar a população em geral para a importância da memória e da sua preservação enquanto património colectivo. É através do diálogo com o passado, da promoção do debate e da divulgação científica, e tendo presentes as novas práticas e necessidades socioculturais, que se busca o novo, numa continuidade histórica activa e dialogante entre passado, presente e futuro, de forma consciente e empenhada.
Fazer História é também um exercício de liberdade e de cidadania.

Memórias da Revolução Parceiros

(1) Domínio do trabalho: práticas musicais, recolha de memórias de protagonistas da música e cultura populares neste período histórico, coordenação de debates, apresentação e organização de encontros científicos no âmbito