34ª Recolha de Entrevista

Only with permission

Rights reserved - Free access

Quota MS_00054 Europeana Sounds

BI: Mónica Roncon nasceu em 1969 em Lisboa. É uma coreógrafa, bailarina e investigadora portuguesa filha de mãe espanhola e pai português.

Interessou-se desde cedo pelo mundo da dança. Iniciou com o ballet clássico espanhol e o flamenco, e no caso da dança e da música ciganas através de uma bailarina húngara (filha de franceses judeus e de húngaros de origem ciganas) com quem começou a dançar este tipo de dança. Sempre viajou bastante procurando aperfeiçoar as suas aprendizagens junto dessas culturas e a sua técnica. Em Paris acabou por ficar 3 anos com o bailarino de uma tribo Vlach da Ucrânia. Esteve ainda na Roménia e Turquia (a viver em casa da família do Csangalo, um dos músicas mais respeitados da Transilvânia). Das viagens que tem feito reserva a importância do intercâmbio com as populações locais, a colaboração com os Ciganos de Ouro, o grupo de música cigana portuguesa que saiu fora da sua comunidade e trouxe a música cigana portuguesa para o grande público, etc.

O estudo do flamenco foi a alavanca para a descoberta de uma outra realidade musical e coreográfica, cujo ponto de partida é o ritmo, numa caminhada em que a interpretação marca, em última análise, uma diferença entre o cigano e o não cigano.

Nesta recolha descreve ainda o pouco conhecimento acerca destas práticas, que ainda sente, em Portugal, de algumas das particularidades das danças, do facto de as 'manifestações comunitárias' que acompanham este tipo de danças poderem ser pontos essenciais para se conhecerem estas etnias em Portugal além da sua centelha mais imediata (ou seja, de um modo enriquecedor: através das suas características culturais e de performance, entre outras), dos repertórios que se ligam a estas práticas coreográficas, de algumas ligações ou semelhanças com as danças tradicionais portuguesas e, entre outras coisas, das várias expressões culturais e artísticas em contexto de diáspora poderem ser uma resposta para a actual crise na área cultural e social em Portugal.

2012 Mónica Roncon à conversa com Soraia Simões, Perspectivas e Reflexões no Campo

Som sem edição, Pesquisa, Texto: Soraia Simões

Recolha efectuada em  LARGO Residências em Lisboa

fotografia de Marta Dias