94ª Recolha de Entrevista

Quota MS_00077 Europeana Sounds

 

Only with permission

Rights reserved - Free access

BI: Marta Pereira da Costa nasceu em Lisboa no ano de 1982 é uma intérprete de guitarra portuguesa e compositora. Embora o número de mulheres que tocam guitarra quer de Coimbra como de Lisboa tenha crescido nos últimos anos (sobretudo na cidade de Coimbra, em Lisboa e no arquipélago dos Açores) Marta foi a primeira a profissionalizar-se com este instrumento no domínio do Fado, a seguir a Luísa Amaro que fixaria o seu nome ligado à guitarra especialmente como solista, a primeira que vive exclusivamente da música no universo do Fado, tendo como instrumento a guitarra.

Nesta recolha de entrevista maior, da qual se disponibiliza como habitualmente uma parte no nosso acervo online, a intérprete explica, entre outros assuntos, o papel influenciador do pai para a aprendizagem e desenvolvimento na exploração e execução deste instrumento, mas igualmente os papéis determinantes que tiveram primeiramente os guitarristas Carlos Gonçalves e Mário Pacheco e posteriormente vários guitarristas, com linhas distintas na execução da guitarra, com quem se foi cruzando e absorvendo ensinamentos como: Fontes Rocha, Ricardo Rocha, António Parreira, Pedro Caldeira Cabral ou, fortemente influenciada pela «sonoridade de Carlos Paredes» --- uma das suas grandes referências --, as idas a Coimbra onde aprendeu com Paulo Jorge (Jójó), conhecido professor de Guitarra de Coimbra sobretudo na Associação Académica desta cidade, a intérprete explica ainda a experiência profícua que tem tido como acompanhante no universo do fado, muito embora seja como solista que imagina fazer um percurso. 

Marta estudou inicialmente piano e estuda actualmente na Escola Superior de Música, a experiência da gravação sonora em estúdio, que inicia em 2008 na gravação de um fonograma  do fadista Rodrigo Costa Félix, intensificar-se-ia e a sua profissionalização efectiva, no ano de 2012, ano em que deixa a Engenharia para se dedicar exclusivamente à guitarra permitiram-na alargar um número crescente de interesses e de trabalhos no âmbito da Música Popular e no domínio do Fado em particular. Além de fazer parte do elenco da Casa de Fados «Adega dos Fadistas» em Alfama, tem participado em diversos espectáculos quer como acompanhante de Fado quer como solista.

 

2014 Marta Pereira da Costa à conversa com Soraia Simões, Perspectivas e Reflexões no Campo

Pesquisa, Texto, Som, Edição: Soraia Simões

Fotografias: Helena Silva

Recolha efectuada em LARGO Residências

 

 

Comment