73ª Recolha de Entrevista

 

Only with permission

Rights reserved - Free access

Quota MS_00043 Europeana Sounds

BI: Jaime Santos é um violista de fado, considerado por muitos dos músicos do universo do fado, que gravei em entrevista para o Mural Sonoro, um dos mais talentosos violistas contemporâneos.

Nascido na cidade de Lisboa começou cedo, como explica na recolha, a tocar viola sobretudo por influência do pai: o reconhecido Guitarrista Jaime Santos, que acompanhou Amália Rodrigues no início do seu percurso no fado, participou no filme «Fado – História de uma Cantadeira» (1948), de Perdigão Queiroga, para além de acompanhar a fadista nas curtas-metragens de Augusto Fraga sobre temas de fados filmadas no mesmo ano e no filme «Les Amants du Tage» (1955) de Henri Verneuil, entre muitos outros aspectos de salientar no seu percurso de onde se destaca ainda o convite que lhe foi feito, pelo cubano Xavier Cugat, para integrar a orquestra deste, e que acabou por suscitar rasgadas considerações de apreço do trompetista Louis Armstrong “pela forma como conseguia, com apenas seis cordas duplas da guitarra, uma expressão tão rica de sons”. (op.cit:102).

Nascido numa família com esta herança do fado, Jaime Santos Jr (como também é chamado) reflecte ao longo desta conversa a importância que teve para o percurso que traçou na Música Popular esta convivência desde criança, mas expressa também alguns, na sua opinião, prós e contras do reconhecimento da candidatura do fado a Património Imaterial da Humanidade na Unesco, da evolução e desvios em torno da ‘preservação’ de uma determinada ‘identidade cultural’, das adaptações aos repertórios que vão mudando, da relação nem sempre pacífica com a imposição ou permeabilidade às influências musicais externas, etc.

Desta recolha, tal como as restantes, disponibiliza-se no espaço do Mural Sonoro online uma parte. A integral é transcrita para figurar em livro e em Arquivo físico como documentação que poderá ser consultada igualmente à posteriori.

© 2014 Jaime Santos à conversa com Soraia Simões, Perspectivas e Reflexões no Campo
Recolha efectuada em A Muralha-Tasca Típica, Alfama

Som, Texto, Pesquisa, Fotografia: Soraia Simões