57ª Recolha de Entrevista

Only with permission

Rights reserved - Free access

Quota MS_00020 Europeana Sounds

BI: Carlos Rodrigues, ou Kabeção como é conhecido no meio musical, nasceu em Lisboa no ano de 1989.

É um músico e formador com experiência com os mais diversos tipos de instrumentos de percussão, como darbuca, cuica ou hang (handpan). Em 2006 fundou o seu primeiro projecto com o nome de "Tribolados", juntamente com Joana Gomes e Hugo Franganito. Em 2010 estudou na Escola de Música JB jazz em Lisboa, onde aprendeu e desenvolveu a cultura e a teoria musical.

Nesta recolha de entrevista o músico entre outros assuntos fala da descoberta do 'handpan' em 2008 e de algumas das características do mesmo, da introdução e aceitação do mesmo no ensino (através das aulas que dá), da experiência e gosto em tocar na rua que sempre teve e permanece, da importância da acústica e espaço sonoro para o seu desempenho com este instrumento em particular, da importância do registo fonográfico com este instrumento no seu percurso musical, ou do papel do público e dos Festivais para a difusão, aproximação e aceitação do mesmo.

Desde de 2006 que Carlos Rodrigues já partilhou palco com músicos e grupos musicais de diversos universos dentro da música popular, como: Kumpania Algazarra, Roncos Do Diabo, Katharsis, Farra Fanfarra, Winga (Blasted Mechanism), Puntzkapuntz, Sebastião Antunes, Didge n'Bass, Rizumik, Terra Livre, No Joke Soundsystem, El Gadzé, Richie Campbell, Green Echo e artistas internacionais mundialmente conhecidos como Wild Marmalade , Drubravko Lapaine, Iban Nikolai e Sidy Sissokho.

Desde que conheceu o instrumento que dá pelo nome Hang, em 2008, pelas mãos de Ortal Pelleg que tocava nas ruas de Lisboa, tem explorado os mais variados registos rítmicos e melódicos deste instrumento.

Até à aquisição do primeiro Handpan (também chamado 'Disco Armónico' vindo de Itália feito por Marco Della Ratt) e apreensão dos métodos para o construir e afinar gravou o seu primeiro EP a solo"High Awakening Natural Gain'' em Inglaterra no estúdio de Mário Figueiredo.

Carlos está ligado à execução e evolução de uma série de instrumentos, alguns já referidos outros evocados durante o registo desta conversa para o Arquivo Mural Sonoro, como Bateria, Tablas, Hang, Didgeridoo, Darbuca, Cuica, Daf, Cajon, Bansuri, Sansula, Metalofone, Taças Tibetanas, tem também sido construtor de Handpans ("GuruzPan") e de Didgeridoos (utilizando na construção os mesmos materiais, como Piteira/Avenca).

© 2013 Carlos Rodrigues (Kabeção) à conversa com Soraia Simões, Perspectivas e Reflexões no Campo

Edição, Pesquisa, Som, Texto: Soraia Simões

Recolha de Entrevista e Musical em LARGO Residências